🔧 Em construção 🔧

Guia de Impressão e Design

Impressão - Ficheiro e Dimensões

O formato de ficheiro de modelo 3D mais comum e ideal para Impressão 3D é em .STL
Como alternativa também podem ser usados na nossa plataforma os formatos .OBJ ou .STEP (Não deve conter partes separadas, que podem induzir a um cálculo de preço errado).

Cada ficheiro apenas deve ser composto por um único modelo 3D ou parte única.
Se a tua peça final for composta por vários modelos separados deves realizar um cálculo de orçamento a cada peça individual.

As dimensões máximas de impressão neste momento (impressão de uma peça íntegra) são de 450x450x450mm. Caso pretendas imprimir algo maior a peça pode ser dividida/cortada em várias partes para serem montadas ou coladas após a impressão.
No teu programa de edição 3D deves definir a escala, orientação e o tamanho do objecto, embora o possas fazer no nosso website também, recomendamos que o submetas para a plataforma já com os valores correctos.

Materiais, Qualidade e Resolução.

Na impressão 3D Portugal trabalhamos com 2 tecnologias:
FDM (PLA, PETG, ABS, TPU, PC, etc…) e SLA (Resina)
Estas são tecnologias de fabricação aditiva (os modelos 3D são construídos camada a camada), que permitem trazer o proveito e utilidade da impressão 3D da forma mais eficiente e mais rentável.

Desta forma dispomos de vários tipos e cores de materiais diferentes, todos com características que variam bastante e que se adequam a diferentes aplicações práticas.

Clica aqui para veres os materiais que temos disponíveis.

Neste momento dispomos de 3 níveis de “Qualidade” diferentes.
Este termo, qualidade, refere-se ao aspecto do acabamento final superficial das peças produzidas e à reprodução de detalhe da peça, ou seja, ao nível de resolução que esta é produzida.
Como estas são construídas camada a camada, é normal notar-se o aspecto de “layers” ou camadas, pequenas linhas que compõe a peça. Quando mais pequenas estas camadas forem, mais resolução e detalhe terá a peça e menos se notará o aspecto de camadas.

Os materiais em impressão FDM dispõe de construção em camadas de 0.2mm (O recomendado para aplicações gerais, e mais económico) e de 0.1mm (Um acabamento superficial mais detalhado, mas que duplica o tempo de produção).

A resina, o material de impressão SLA, é produzido a 0.5mm (500 μm), o que permite um excelente acabamento final com alta resolução e reprodução de detalhes. Ideal para peças de pequenas dimensões ou com grandes detalhes como joalharia ou figurines.

Clica aqui para saberes mais detalhes sobre os materiais disponíveis.

Preenchimento

O preenchimento de uma impressão 3D, como o próprio nome indica, é a quantidade de material que irá ser usado para ocupar e preencher o espaço interior da impressão.

O preenchimento funciona como suporte interno da estrutura e permite conferir-lhe uma maior resistência a forças mecânicas.
Dependendo da peça esta pode ser completamente oca (0% preenchimento), ou uma peça completamente sólida (100%)
O valor recomendado para a maioria das aplicações e que confere o melhor rácio de resistência por custo é o de 20%.

Clica aqui para saberes mais sobre o preenchimento de impressões 3D

Suportes

A impressão 3D (tecnologia FDM e SLA) é realizada camada acima de camada numa plataforma de construção. Partes de modelos com declives superiores a 45º podem ter que ser construídos com suportes, para que a impressora 3D não imprima no ar.
Estes suportes são estruturas adicionadas ao modelo por nós (o cliente não tem que fornecer o modelo já com os suportes) e são completamente normais e habituais na impressão 3D, para além de manterem o modelo fixo no lugar permitem a construção de elementos que se destaquem do mesmo.
É normal os suportes afectarem o acabamento superficial da peça, deixando algumas marcas.

Tendo isto em conta, os técnicos da Impressão 3D Portugal tentam sempre evitar imprimir com suportes e fazem-no sempre que possível, no entanto existem peças que têm que ser impressas com suportes.

De forma a manter os valores mais competitivos e justos do mercado, a Impressão 3D Portugal não realiza qualquer tipo de tratamento/limpeza/polimento/remoção de suportes às peças produzidas, sendo estas enviadas tal como ficaram originalmente após serem produzidas e ficando o acabamento final ao encargo do cliente.

A facilidade de remoção de suportes varia bastante de modelo para modelo, sendo na maioria das vezes facilmente removíveis à mão ou com a ajuda de uma faca de ponta redonda.

Caso o modelo 3D seja mais complexo e tenha bastantes detalhes e/ou pequenas cavidades, recomendamos a utilização de um Alicate de Pontas e Alicate de Corte que facilitam bastante o processo de remoção de suportes de todas as peças.

Porque não realizamos remoção de suportes?

A Impressão 3D Portugal dedica-se a realizar e a providenciar um serviço de alta qualidade de Impressão 3D com os valores mais competitivos e justos do mercado.

Devido à grande variedade e natureza imprevisível dos modelos 3D submetidos diariamente para impressão na nossa plataforma, tendo uns necessidade de suportes e outros não, não faria sentido fornecer remoção de suportes a uns clientes, enquanto aqueles que submetem peças sem suportes não o receberiam. Tendo em conta que o custo por material é o mesmo numa impressão com suportes ou sem suportes, isto resultaria numa agravação de custos para todas as encomendas.

Também não nos podemos responsabilizar pelo manuseamento físico ou alteração das peças submetidas na plataforma por várias razões:
– Não sabemos qual é a finalidade das peças submetidas e não conhecemos as suas complexidades de design.
– caso estas sejam submetidas com partes inerentemente frágeis ou não optimizadas para impressão 3D, a responsabilidade sobre esses detalhes do design é, naturalmente, do cliente que os submete.

Responsabilizamo-nos a imprimir as peças da melhor forma possível e com standards elevados de controlo de qualidade.
Responsabilizamo-nos a fornecer materiais como este guia, para facilitarem a compreensão do cliente, auxiliar à criação de espectativas correctas e ajudar a garantir impressões 3D bem sucedidas.
Responsabilizamo-nos também a tirar quaisquer dúvidas que este possa ter e a aconselhar apropriadamente face à situação.
Caso o cliente tenha dúvidas sobre a sua peça 3D e esteja interessado numa análise detalhada e um relatório sobre a sua peça 3D, disponibilizamos de um serviço de análise e revisão da peça. Basta seleccionar o mesmo durante a encomenda na nossa plataforma.

Guia de Design

Grossura de Parede

É importante que as paredes do teu modelo 3D tenham uma grossura mínima e não sejam compostas apenas por um polígono.
Esta grossura é a distância entre uma superfície até à outra superfície oposta adjacente que compõe essa parede.
As paredes devem ter de grossura no mínimo 0,8mm e deve ter em conta que paredes pequenas podem partir facilmente.
A parte interior da parede será preenchida para que seja estruturalmente sólida

 

Orientação

Como os modelos são impressos camada por camada (FDM), a orientação em que o modelo é impresso influencia várias características e é determinada tendo em conta as mesmas:
– Qualidade de superfície (aspecto do acabamento)
– Resistência mecânica, existência e quantidade de pontos frágeis na peça
– Velocidade de impressão
– Quantidade de suportes necessários
– Minimização de riscos de falhas durante a impressão. Diminuição da ocorrência de anomalias durante a produção (Crashes, Warping, Bed adhesion, descolamentos que implicam a perda da peça e obrigam ao recomeço total da sua impressão, aumentando exponencialmente o tempo de produção e os custos associados.)

Todas estas variáveis implicam que durante a produção irão haver sempre alguns sacrifícios (Ex: para melhorar a resistência mecânica, o objecto pode ter um acabamento menos aperfeiçoado).

 

As pessoas envolvidas na produção de peças da Impressão 3D Portugal, irão sempre ter em conta estas características e irão definir a orientação de produção de forma a melhor conciliar todas estas características de acordo com toda a nossa experiência em produção de milhares de peças diferentes.
Caso o cliente tenha preferência por uma orientação específica pode entrar em contacto connosco previamente. Adicionalmente pode optar pelo serviço extra de “Análise/Revisão de peça” onde terá um serviço completo de acompanhamento e o objecto será analisado pela presença de problemas estruturais que possam comprometer a qualidade final de impressão ou a usabilidade mecânica. O cliente será informado activamente de todas as particularidades da impressão da peça submetida e das suas implicações na sua resistência mecânica e qualidade final.

Precisão dimensional, Tolerâncias e Espaçamentos

As nossas impressoras 3D são mantidas em condições constantes de controladas de temperatura e humidade, para que possamos aperfeiçoar e manter constante a precisão dimensional das peças produzidas.  A precisão dimensional não está relacionada com a qualidade ou reprodução do detalhe da peça 3D, mas sim com o desvio do tamanho original.
As dimensões do produto final têm por norma em média uma margem de erro de 200 µm (0.2mm), que depende de diversos factores internos e externos como o modelo 3D, o material seleccionado para a produção ou da quantidade encomendada.
Dados estes factores a margem de erro poderá ser de até 0.5mm (X, Y e Z).

Peças de precisão técnica ou de pequenas dimensões/detalhe devem ser enviadas com isso em conta. Partes de ligação/amovíveis devem ter cerca de 0.4mm de distância entre as mesmas (para compensar os 0.2-0.5mm de tolerância).

Relevos e Gravuras

No geral o ideal para detalhes ou texto é optar por gravuras em vez de relevos pois é possível obter melhores resultados.
Para gravuras é recomendado detalhes com uma espessura mínima de 1mm e profundidade de 0.3mm.
Para relevos é recomendado espessura mínima de 1mm e profundidade de pelo menos 0.5mm.

Estes são os valores mínimos e no geral, quanto maiores forem os detalhes/texto, melhor serão reproduzidos.

PREÇO MÍNIMO GARANTIDO

A nossa missão é levar Impressão 3D profissional a qualquer pessoa e qualquer projecto.

 

Encontraste mais barato?

Igualamos o preço.

×

Cart